Caderno da Renata

Você esta vendo agora:

textos jovens leitores

TEXTO JOVENS LEITORES |Deslize

Psiiiii, fica quieto! Ouça!

Meu, pra mim esse som é quase sagrado. Me atiça o ânimo, dá aquele nó, arrepia tudo! É só eu pensar no ruído das rodinhas que vem aquela vontade doida de estar lá… sentir o movimento, pirar nas manobras… me ralar mesmo!  É isso aí! Caí umas mil vezes até a pista ficar dominada, mas tudo bem! O que importa é chegar ao rolé bem fluído. Sou amarradão pelos caras que fazem aquele flipassos impressionantes. Porque, fala sério, aja perna e solado para o impacto! Esses nasceram para o skate!

É igual aos que fazem aquela evolução animal, soltando agressividade para marcar o estilo. Tem um, que tem muuuuuita habilidade! Um cara do gueto mesmo. Chegou suave, dando um rolé pra cá… um rolé para lá e então: uau!! surreal! arrebentou na categoria! perfeição mesmo! Mas para o cara chegar nesse ponto… com certeza já ficou muito estropiado.

Faz parte. Para chegar lá tem muitos obstáculos… sacou o lance das palavras… Só que é assim… skate não é só cair! Na real, show é sentir a energia, deixar rolar… se rolar, rolou! E se der vontade, arriscar e aterrissar coberto de sensações. Sim, porque skate é sentimento!

Tem um lance bom do deslizar, transpor os gaps, curtir a paisagem passando, dar-se conta da liberdade! E quando der tudo errado, cair com categoria. Afinal faz parte saber cair na boa para tentar outra vez. Nem aí se está estuporado, ralado ou acabado. Um dia se chega na proeza da manobra perfeita. Daí é a glória pro cara!

Pode ser que para mim seja o fim, já que nessa altura vou estar totalmente acabadão! E então já sei, vou sair das paradas para dar lugar para outro novão! A vida é assim! Ainda mais vida de tênis de skatista! Tudo bem! Tô bem de boa! Porque insano é ter vivido com essa intensidade e compartilhado a curtição.

Fazer um comentário