Caderno da Renata

Você esta vendo agora:

textos jovens leitores

TEXTO JOVENS LEITORES | Pedaço de asno

Outro dia conheci um garoto, magro como um espeto, muito chato. Pessoa intragável, sabe? Nada a ver com cara não! Ou sim… O problema era o nariz empinado. Confesso que tentei ser simpática, dei um sorriso amarelo, puxei conversa. Afinal estava entre o fogo e a frigideira, o moleque era filho de um bambambam importante e eu, penetra na festa dele. Mas era irritante ver todo mundo puxando o saco do tal. Isso cansou minha beleza. Então, simplesmente, o ignorei. Fui curtir a festa de vez.

Como o cara era cheio de fobó, ficou danado da vida quando se deu conta do que eu estava fazendo. Chegou junto, encheu minha cabeça com um papo supérfluo “eu isso, eu aquilo, eu tenho, eu posso”! Foi quando resolvi embutir uma lorota: contei que era PHD em física quântica. Comecei a lançar um blablablá do além e conclui: “pois então, estou vendo que o teu dinheiro não comprou nada a mais que uma inteligência de peru novo. Nem a beleza veio como prêmio de consolação para você.” Não preciso nem dizer que ele bateu em retirada. Claro, com o nariz ainda mais empinado! Ufa! 🙂

<< voltar

Fazer um comentário