Caderno da Renata

Você esta vendo agora:

O Prêmio

Spin-off de livro ainda não publicado recebe prêmio de literatura.

Novos talentos nacionais são revelados ano a ano, garimpados pelas editoras ou por premiações. Como é o caso de Renata Dembogurski, escritora paranaense, que acaba de lançar, seu primeiro livro juvenil, “Pense Melhor Antes de Pensar” por meio da Editora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

O livro recebeu o PRÊMIO UFES DE LITERATURA ‒ 2013-2014 criado pela instituição federal justamente para incentivar e divulgar a produção literária nacional. A narrativa do livro de Renata Dembogurski conta as aventuras de Zuwi em um universo expandido: Virkadaz . Ele chega a um plix, lugar extraordinário com impensáveis paisagens e seres impressionantes como perigosos abutres-crocodilos, terríveis tubarões-escorpiões e os beligerantes oclusos. Mas o pior confronto será Zuwi enfrentar seus próprios pensamentos.

É com essa levada lúdica que Renata Dembogurski inicia a divulgação das aventuras em Virkadaz através desse primeiro livro: “Pense Melhor Antes de Pensar é como um teaser, para que os leitores comecem a conhecer meu trabalho e o mundo de Virkadaz”, declara entusiasmada a escritora. O livro foi escrito especialmente para o Prêmio UFES que tinha limitações de páginas. Ele é um spin-off, um desdobramento de um original escrito anteriormente chamado VIRKADAZ (não publicado), com alguns dos personagens e usando as ideias que o regem no geral.

Andréia Delmaschio, Mestre em Estudos Literários pela UFES e Doutora em Semiologia pela UFRJ comenta: “A aventura descrita atrai os jovens pelo dinamismo, sem, contudo abrir mão de importantes momentos de reflexão e, por que não dizer, de questionamentos éticos sobre valores importantes, especialmente aos que estão em formação. A linguagem é clara, fluente e agradável. Sem cair no uso excessivo ou injustificado da gíria (o que, paradoxalmente, acabou virando um jargão em grande parte dos infanto-juvenis produzidos ultimamente), a autora também não faz pesar a mão no que toca a vocabulário e sintaxe, conseguindo, sem dúvida, um meio-termo capaz de falar a um público bastante jovem, que apenas inicia sua viagem por textos de maior fôlego”.

Completando a avaliação do livro, Adriana Falqueto, avaliadora do Prêmio Ufes, mestranda em Literatura e escritora, “o livro (Pense Melhor Antes de Pensar) é criativo e deve agradar o público juvenil. Os personagens são diferentes, existem palavras novas e isso encanta o leitor dessa faixa etária.”

Andréa Delmaschio conclui com uma indicação: “É uma boa mostra daquilo que se pode fazer hoje, no Brasil, em termos de literatura infanto-juvenil”.

Diante da ansiedade dos leitores e da ótima repercussão do livro derivado de outro bem mais volumoso e complexo, Renata Dembogurski resolveu fazer alguns contos que também se passam em Virkadaz. O primeiro deles é na verdade uma homenagem a escritora Jennifer Egan, ganhadora do Pulitzer 2011 de ficção que escreveu um conto para o Twitter – Caixa Preta. O conto de Renata, chamado PLIX TERRA NEGRA, é uma releitura que usa um pouco da sintaxe do texto de Jennifer.

 

O LIVRO

PENSE MELHOR ANTES DE PENSAR (Ed. EDUFES) – Prêmio Melhor livro Infanto-juvenil no II Prêmio Ufes de Literatura – 2013-2014

E lá estava um monstruoso vale que se estendia em vermelho, cinza, preto e marrom. Não havia céu. Ou, se havia, era todo escuro. E, da mesma forma que ocorria do lado de cá do plix, as coisas iam ficando diferentes à medida que se distanciavam da fronteira. E, dessa vez, tudo ficava ainda pior. O horizonte se perdia em uma densa fuligem cinza-escura. Criaturas medonhas de amplas asas penosas, com cara e calda de crocodilo e dentes imensamente assustadores planavam em guarda no céu.

É muito pior do que parece, garoto. A força mundana mutila o que você tem de bom. A única forma de você resgatar sua amiga é pensar em ter consideração por ela, nunca em ódio contra os beligerantes oclusos ou vingança. Compreendeu?

Bem mais do que você imagina, o nosso mundo não é o que parece ser. Há muito mais! Tem camadas. É Virkadaz. Ao seu lado deve ter alguém que saiba disso, mas não pode contar nada sobre esse universo expandido. Zuwi é um deles. Ele sabe como acessar os vários plix. Fazer isso exige prática. Mas não é algo chato e sem graça. Pelo contrário! É surpreendente, incrível e também… Perigoso. A cada plix, uma nova aventura. Nunca se sabe o que terá lá!

E foi justamente em um desses treinos que Zuwi chegou ao plix das Ilusões. Um lugar extraordinário com impensáveis paisagens e animais impressionantes. Só tem um problema: Zuwi devia estar acompanhado de Anne, sua companheira de aula, para cumprir a tarefa “voltar juntos”. E agora?

Para encontrar Anne, Zuwi terá que, antes de mais nada, entender como funciona o plix, unir forças para vencer grandes desafios e ainda sobreviver!

Adversários? Perigosos abutres-crocodilos, terríveis tubarões-escorpiões e os beligerantes oclusos. Mas o pior confronto será Zuwi enfrentar seus próprios pensamentos.

 

Prêmio que o livro recebeu

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), por intermédio da Superintendência de Cultura e Comunicação (Supecc) e da Editora da Ufes (Edufes), realizou o II PRÊMIO UFES DE LITERATURA ‒ 2013-2014, com o objetivo de incentivar e divulgar a produção de obras literárias. Cada autor só pôde concorrer com a inscrição de uma obra, que deveria ser inédita e de autoria exclusiva. Houve um grande número de inscrições, bem superior ao esperado, no total foram 223 livros participantes.

 

Site livro: www.virkadaz.com.br/pensemelhor

Facebook livro: www.facebook.com/pensemelhorantesdepensar